Palácio Nacional da Pena, Sintra, Portugal: tudo sobre a visita

Palacio Nacional da Pena

O Palácio Nacional da Pena é um dos pontos turísticos mais visitados de Sintra, localizada a menos de 30km de Lisboa.

Nossa ideia inicial era fazer um roteiro em Sintra incluindo, além do Palácio Nacional da Pena, a Quinta da Regaleira, além de um passeio pelo centro histórico de Sintra. Mas, como saímos tarde de São Domingos de Rana, onde estávamos hospedados, e Sintra estava simplesmente lotada, em função de termos ido em julho, na altíssima temporada, só conseguimos visitar o Palácio Nacional da Pena e fazer um passeio breve pelo centro histórico.

Para ver nosso Roteiro de 13 dias em Portugal, com link para os demais posts dessa viagem acesse esse link.

História do Palácio Nacional da Pena

O Palácio Nacional da Pena está localizado em um dos pontos mais altos da Serra de Sintra e é composto por uma área do antigo convento manuelino da Ordem de São Jerónimo, e uma área edificada posteriormente pelo rei D. Fernando II.

A área do convento, que havia sido construída em 1511 pelo rei D. Manuel I, foi comprada em 1838 pelo rei D. Fernando II, que fez sua reforma e melhorias. Esta área constitui atualmente o núcleo norte do Palácio Nacional da Pena, ou Palácio Velho. Posteriormente D. Fernando II decidiu ampliar o Palácio com uma nova ala, que atualmente constitui o Palácio Novo. De forma complementar construiu os jardins no entorno do Palácio, com espécies de plantas provenientes de diversos lugares do mundo, criando um parque com mais de 500 espécies arbóreas.

Em 1910 o Palácio da Pena foi designado como Monumento Nacional.

Como chegar

Como estávamos de carro alugado em Portugal fomos de carro pra Sintra, e de lá seguimos direto pro Palácio Nacional da Pena. O acesso ao Palácio Nacional da Pena é feito por uma estrada em bom estado, com muitas curvas e bem inclinada, que sobe a Serra de Sintra até a área alta onde está localizado o Palácio. Como nossa visita aconteceu um julho, na altíssima temporada, o trânsito estava bem intenso e lento, e levamos um bom tempo para chegar até a área de estacionamento. Também em função disso não foi fácil encontrar vaga e acabamos parando em um estacionamento particular, pago, nas proximidades da entrada do Palácio.

Caso você esteja sem carro esse post do Viaje na Viagem tem todas as informações sobre como se locomover em Sintra.

No centro de Sintra vimos também muitos Tuk-tuks, e uma possibilidade é fechar o passeio até o Palácio com algum deles. Nós usamos esse meio de transporte dentro de Sintra depois do passeio no Palácio de Sintra.

O Castelo dos Mouros fica bem próximo do Palácio Nacional da Pena e pode ser visitado logo antes ou depois da visita ao Palácio. Dessa vez não incluímos o Castelo dos Mouros em nosso roteiro pois, com as crianças achei que ficaria muito corrido fazer 3 atrações em um mesmo dia.

Ingressos

Fizemos a compra dos ingressos na entrada do Palácio Nacional da Pena, e foi bem rápido.

O site oficial dos Parque de Sintra tem informações sobre horário e dias de funcionamento, e valores dos ingressos. Vale ressaltar que o ingresso é gratuito para menores de 6 anos e são disponibilizados ingressos com preços reduzidos para jovens (6 a 17 anos), seniores (maiores de 65 anos) e famílias (2 adultos e 2 jovens). Existem também valores promocionais para compra de ingressos combinados (Castelo dos Mouros e Palácio Nacional da Pena, por exemplo).

Os ingressos podem ser comprados no site oficial ou em qualquer uma das atrações do grupo Parques de Sintra.

Para a visita ao Palácio Nacional da Pena é possível comprar ingresso apenas para visita aos jardins (incluindo a parte externa do prédio do Palácio) ou para visita ao palácio e aos jardins, que inclui visita a parte interna do Palácio.

Infraestrutura

Logo após a bilheteria e entrada na área do Palácio Nacional da Pena tem banheiros e uma loja com venda de alguns suvenires, livros, etc.

Dentro do prédio do Palácio Nacional da Pena tem uma lanchonete onde são vendidos salgados, refrigerantes, café, água. A lanchonete está localizada em uma das varandas do Palácio e conta com mesas externas e uma bonita vista do entorno.

Visita

A visita ao Palácio Nacional da Pena inicia atravessando os jardins que são bem grandes, muito bonitos e bem cuidados. O caminho do portão de acesso até a entrada do prédio do Palácio é em subida, já que o prédio fica em uma área mais alta. Vimos umas vans rodando por lá, mas não nos informamos sobre a possibilidade de usá-las para chegar até o prédio do Palácio.

Jardins do Palácio Nacional da Pena, em Sintra

A primeira vista do Palácio já impressiona, com a arquitetura da sua área externa, pátios, portais! As cores, os azulejos, os detalhes de esculturas… Um UAU! atrás do outro!

Área externa do Palacio Nacional da Pena
Área externa do Palacio Nacional da Pena

Como se não bastasse a riqueza de detalhes da arquitetura, as varandas tem vistas incríveis da área do entorno, já que a localização do Palácio é no alto.

Vistas a partir do Palácio Nacional da Pena

Depois de explorarmos bastante a área externa entramos no Palácio Velho, onde estava localizado o antigo convento e depois no Palácio Novo, já que nossos ingressos incluíam a visita a área interna.

Algumas salas visitadas no Palácio Nacional da Pena

A área interna do Palácio Nacional da Pena contempla inúmeras salas, decoradas com moveis e artigos de decoração que remontam a época em que era utilizado pelo rei D. Fernando II. Além da arquitetura, são muitos detalhes de pintura das paredes, espelhos, móveis, peças de arte e de decoração… É incrível! Todos nós, adultos e crianças, ficamos boquiabertos diante de tantos detalhes e beleza!

Mais detalhes da área interna do Palácio Nacional da Pena

Após finalizarmos a visita a parte interna ainda fizemos um circuito que acompanha as muralhas de proteção do palácio que possibilita vistas lindas do entorno. Nesse trecho é importante apenas manter as crianças de mãos dadas pois tem trechos onde os muros são baixos e o caminho bem estreito.

No total levamos de 3 a 4 horas pra fazer o passeio, com calma e curtindo bastante, mas não chegamos a explorar muito os jardins pois a fome já começava a apertar.

Outras Atrações em Sintra

Sintra tem diversos outros museus e atrações a serem visitados, dependendo do tempo que tiver disponível no roteiro. Além do Palácio Nacional da Pena outras quatro atrações são bastante visitadas em Sintra e sugiro que, se possível, sejam incluídas no roteiro.

O Blog Cultuga tem um excelente post com dicas para montar um roteiro de 1 dia em Sintra fugindo de filas! Super útil!

Castelo dos Mouros: está localizado bem próximo ao Palácio Nacional da Pena.

O Blog Espiando pelo Mundo visitou o Castelo dos Mouros e contou todos os detalhes nesse post.

Vista do Castelo dos Mouros a partir do centro histórico de Sintra

Quinta da Regaleira: inicialmente nossa ideia era visitar essa atração após sairmos do Palácio Nacional da Pena, mas Sintra estava muito cheia e não conseguimos vaga pra estacionar nas proximidades dessa atração e nem em área nenhuma do centro histórico de Sintra. Depois de rodar por bastante tempo acabamos estacionando próximo a entrada da cidade e fomos andando até o centro histórico, de forma que não tivemos tempo hábil pra visitar a Quinta da Regaleira. Foi uma pena pois as crianças viram a fachada do casarão do carro e falaram que parecia a casa do filme “O Lar das Crianças Peculiares” e ficaram super ansiosas pra conhecer… Decididamente precisaremos voltar pra Sintra já que a Quinta da Regaleira povoa meus sonhos depois das fotos que vi de lá.

O Blog Mari pelo Mundo visitou a Quinta da Regaleira com criança e contou a experiência nesse post. O Blog Viagens da Mochilinha Gaucha também esteve lá e contou tudo nesse post.

Palácio Nacional de Sintra: está localizado no centro histórico de Sintra e vimos apenas sua área externa. O Blog Bau de Família visitou o Palácio com criança e contou nesse post.

Fachada do Palácio Nacional de Sintra

Centro Histórico: passamos muito pelas ruas do centro histórico de Sintra de carro, a procura de vaga para estacionar, e depois de conseguirmos estacionar andamos mais um pouco por lá. Tem vários Tuk-tuks na área do centro histórico e é possível combinar com eles o deslocamento até os pontos turísticos. Após nosso passeio pelo centro histórico voltamos até o local onde o carro estava estacionado de Tuk-tuk, e foi uma diversão para as crianças!

Um pouco do centro histórico de Sintra

Pra ver um pouco mais sobre o centro histórico de Sintra veja esse post do Blog Turistando com a Lu.

Caso queira dar uma esticadinha no final do dia, confira a dica de um Pub medieval bem interessante nesse post do Blog Maquiadora Viajante! Achei uma opção bem diferente! Só não sei se dá pra ir com crianças… Mas pela descrição do post eu tentaria ir a tarde e  daria uma olhada no ambiente pra ver se dava pra entrar com a tropinha…

Vou dizer que fiquei morrendo de vontade de ter mais tempo pra explorar as ruas, as lojinhas, os bares e os cafés de Sintra. Certamente voltaremos pra explorar mais a cidade… Foi um daqueles lugares que deixou um gostinho de quero mais… 

Veja também:

Uma resposta para “Palácio Nacional da Pena, Sintra, Portugal: tudo sobre a visita”

Deixe uma resposta